Livro PONTO FINAL terá lançamento virtual pela Rede Amigo Espírita no dia 16 de dezembro

De volta para Blog

Livro PONTO FINAL terá lançamento virtual pela Rede Amigo Espírita no dia 16 de dezembro

O livro de autoria do escritor Wilson Garcia traz à tona uma parte importante da história do espiritismo, pouco ou jamais conhecida pelos espíritas, incluso as lideranças, dirigentes e trabalhadores de centros e demais instituições doutrinárias brasileiras. Seu lançamento será feito através de live pela Rede Amigo Espírita no Facebook e YouTube no dia 16 de dezembro, às 19h.

Trata-se não apenas de um resgate dessa trajetória necessária à compreensão do espiritismo em terras brasileiras, mas de uma abordagem que coloca em destaque os descaminhos da obra impostos à revelia de Kardec, que ele não pôde evitar, mas cuja ação conhecia desde cedo.

Os estudos com base em documentos e informações que somente na atualidade foi possível alcançar, amparados, inclusive, pelas tão aguardadas Cartas de Kardec constantes do Acervo Canuto de Abreu, em poder do CDOR – Centro de Documentação e Obras Raras da FEAL – Fundação Espírita André Luis, oferecem ao leitor um olhar cronológico e panorâmico dos acontecimentos e reforçam a ideia de um desvio imposto à doutrina espírita, especialmente pela introdução no seu corpo filosófico e por extensão nas práticas espíritas de teorias alheias à autonomia moral, as quais foram introjetadas no movimento espírita de modo sutil e persistente.

As pesquisas têm como um dos pontos iniciais a primeira viagem de Allan Kardec à cidade francesa de Bordéus, em outubro 1861, por convite dos espíritas locais, tendo como líder o Sr. Sabò, médium que viria a ter destaque na Revista Espírita e em livros de Kardec. As cartas trocadas entre Kardec e Sabò, bem como com outras lideranças, a maioria inéditas até aqui, esclarecem fatos e situações dos mais importantes para o espiritismo contemporâneo.

O livro PONTO FINAL:  o reencontro do espiritismo com ALLAN KARDEC estuda e apresenta com amplos detalhes documentos esquecidos ou subtraídos do conhecimento público, os quais revelam facetas capazes de esclarecer como se deu, no Brasil, a popularização de uma cultura híbrida em nome da doutrina dos espíritos. Esse hibridismo cultural não se deu modo aleatório, mas foi planejado e executado a partir da aliança entre espíritos contrários à propagação da doutrina e movimentos criados por grupos de espíritas encarnados dominados por interesses e crenças pessoais.

Ao formar, a partir da leitura e análise do livro, uma ideia mais precisa e coerente da trajetória do espiritismo saído da pena de Allan Kardec, o leitor terá assegurada a necessária autonomia moral para decidir por um agir espírita que não só resgata para si a capacidade de livre-pensar, tão valorizada por Kardec, mas, também, a melhor condição de contribuir para este tão sonhado reencontro dos princípios doutrinários espíritas com aquele que deu vida, voz e vez ao pensamento revolucionário dos Espíritos Superiores.

  O livro já se encontra em pré-venda pela Editora EMEMundo Maior e Rede Amigo Espírita, a preços promocionais até o dia 15 de dezembro.

Compartilhar este post

Deixe um comentário

De volta para Blog