Artigos

Educação para quê? Por Jane Maiolo

A EDUCAÇÃO, SE BEM COMPREENDIDA, É A CHAVE DO PROGRESSO MORAL¹ A humanidade é, genuinamente, produtora de conhecimentos, desde os primórdios o homem procura solucionar problemas que afetariam sua sobrevivência senão utilizasse de seu bom gênio, da sua intuição, da sua inteligência. A capacidade investigativa e criativa do homem possibilita-lhe sempre novos caminhos, novas descobertas, novas...

Fogueiras modernas: o testemunho de Jan Hus. (por Vinicius Lara)

Em 2019 comemora-se 650 anos desde o nascimento de Jan Hus. Escrever a respeito de Hus, no entanto, é uma tarefa difícil, e isso por alguns motivos: primeiro porque carecemos de fontes originais traduzidas em português a respeito do tema, e segundo, porque o perfil de Hus - se descolado da mitologia romântica das...

Faça o bem (artigo de Valci Silva)

Faça o bem Somos uma população encarnada de mais de 7 bi de habitantes e falidos moralmente em razão de um passado delituoso e comprometido com as leis naturais ou Divinas. Em razão de nossa pequenez moral, a humanidade pratica diariamente bilhões de atos de maldade, contaminando a psicosfera do planeta que fica envolto por...

Colavida e a perseverança na divulgação

A perseverança de Fernández Colavida na divulgação do espiritismo na Espanha   Simoni Privato Goidanich A escassez de material de estudo e de divulgação do espiritismo era uma limitação importante na Espanha. Para amenizá-la, um dedicado espírita em Barcelona chamado José María Fernández Colavida decidiu importar uma grande quantidade de livros e jornais espíritas da França. Para isso, contou...

Pedagogia do silêncio ou talking cure?

E ele lhes disse: Que palavras são essas que, caminhando, trocais entre vós, e por que estais tristes? ¹ Realmente, atingíramos um momento singular na história da sociedade contemporânea. Todos temos vozes. O homem do século 21, além de portador da voz, tem pressa. Tem desejos. Tem anseios. Tem sentimentos contraditórios que o promove a um status de...

Hipocrisia gourmet: os riscos de uma seita chamada Espiritismo.

E ele, respondendo, disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito:Este povo honra-me com os lábios,Mas o seu coração está longe de mim; Marcos 7:6 Talvez o número de revelações espirituais seja grande no mundo porque, com mais frequência do que desejaria nossa motivação de praticar o bem, temos pervertido e conspurcado grandes...

O custo do abandono emocional (Jane Maiolo)

“Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia”. (1)- Em época de grandes avanços intelectuais, científicos e tecnológicos é possível observar também o avanço das perturbações sociais como a criminalidade e a violência estampadas na face da sociedade contemporânea.   Estamos vivendo...

Espiritualidade em comportamento de crise (por Jane Maiolo)

Então disseram os fariseus entre si: vede que nada é proveitoso! Eis que o mundo vai atrás dele.  ¹ As anotações contidas no capítulo 12 do versículo 19 do Evangelho de João nos traz o diálogo dos fariseus sobre a infrutífera armadilha de prender Jesus, que dias antes houvera ressuscitado Lázaro, o amigo de Betânia....

É sempre tempo de receber visitas (por Jane Maiolo)

“Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?” (1) Lucas 12:26 O evangelista Lucas descreve a presença de Jesus na casa de Marta e Maria. Narra que na ocasião o Mestre é recepcionado pelas irmãs de Lázaro, o “ressuscitado”, iniciando um momento prazeroso de conversação, seguido de grandes e preciosos ensinamentos....

Por que estudar O livro dos médiuns? por Simoni Privato Goidanich

Artigo publicado na Revista A senda (nov-dez 2019), da Federação Espírita do Estado do Espírito Santo   1) A mediunidade faz parte da vida Médiuns somos todos, em maior ou em menor medida[1]. Inclusive as pessoas que não acreditam na existência dos Espíritos podem ser influenciadas por eles[2]. Estudar seriamente a mediunidade é, pois, de fundamental importância. É particularmente evidente a...